Facebook
Instagram

ACI Cruz Alta busca alternativas para melhorar Segurança Pública no município

  • -

08/03/2017

Assunto foi discutido durante reunião com empresários e órgãos públicos na Associação

Um cenário de insegurança tem preocupado empresários e a população cruz-altense em geral. Na última segunda-feira (06) os empresários associados da ACI Cruz Alta reuniram-se na sede da entidade para juntamente com os órgãos públicos da cidade e a própria Associação buscar uma solução para este problema, que afeta o bom andamento do comércio e preocupa a comunidade.

O presidente da ACI Cruz Alta João Paulo Ribas Reis destacou que o tema foi trazido para discussão na entidade, pois é de extrema importância, principalmente porque o comércio é um dos setores mais afetados com a falta de segurança pública.

O secretário de obras e mobilidade, Antônio Oliveira apresentou durante a reunião a atual situação das câmeras de videomonitoramento do Município. Segundo ele a última manutenção das câmeras foi feita em junho de 2016. “Atualmente apenas 6 funcionam, 1 interna que fica na Brigada Militar e 5 externas”, relatou. Os motivos do não funcionamento citados são o rompimento dos fios, a falta de bateria, furto e outros.

A solução, de acordo com Antônio é em primeiro momento fazer os reparos emergenciais para que elas voltem a funcionar. Além disso, é necessário abrir um processo de licitação para comprar mais equipamentos, uma solução a ser buscada em longo prazo.

Visando um resultado em curto prazo a ACI Cruz Alta, através de seu vice-presidente administrativo Rodrigo Fraporti, buscou apoio com a empresa de segurança HM, associada da entidade, para que fossem feitos estes reparos e as câmeras voltassem a funcionar o mais breve possível. A empresa HM Segurança irá viabilizar a mão de obra e conforme o proprietário da empresa Aluisio Meira esse processo pode ser feito entre uma semana e dez dias.

 “Devido a atual situação de agrave na segurança pública da nossa cidade é de extrema importância que essas câmeras passem por esses reparos imediatamente e voltem a funcionar, com isso o poder público terá mais prazo para realizar a aquisição de novos equipamentos e reparos mais complexos”, ressaltou Fraporti.

O secretário de desenvolvimento econômico, Emerson Manoel de Souza, representando o Prefeito Vilson Roberto, enfatizou o atual momento para discussão, e relatou que o assunto é pauta de preocupação em todo o Estado. E garantiu que os projetos por parte da Prefeitura serão retomados e instaurados para melhorar a segurança pública do município.

 O comandante do 16º BPM, Major Rogério Glanzel Alves relatou que uma opção seria instalar um sistema realiza o monitoramento sozinho e avisa em casos de delinquência sem que uma pessoa/efetivo precise ficar cuidando o sistema. Esta opção é devido a falta de efetivo do BPM, que atualmente conta apenas com 30% do efetivo que seria necessário para cobrir toda região.

O Major disse ainda que tem buscado ajuda dos prefeitos de municípios vizinhos. A intenção é pressionar o Estado a chamar os profissionais de cadastro reserva e realizar novos concursos para aumentar o efetivo e consequentemente colocar mais segurança à disposição da população. Outra intenção do Batalhão é reativar a Patrulha Comercial, que fará patrulhamento ostensivo na região central da cidade já nos próximos dias, se deslocando para outras regiões apenas em casos de emergências.

Localização

Av. Gal Câmara, 935 - 2° andar - Galeria Centauro
Centro - CEP 98005-112 - Cruz Alta - RS

Horário de Atendimento

Segunda à Sexta-feira
08h30min às 12h e 13h30min às 18h

© 2020 ACI Cruz Alta Site produzido pela Netface

Ir ao Topo Ir ao Topo