Facebook
Instagram

NATAL 2020: COMÉRCIO EM TEMPO DE PANDEMIA

  • NATAL 2020: COMÉRCIO  EM TEMPO DE PANDEMIA

15/12/2020

O período mais importante para o comércio varejista está chegando. O Natal, data mais esperada do ano pelas lojas é a grande aposta para impulsionar as vendas, garantindo o maior número e uma enorme margem de lucro sobre outros períodos do ano. Contudo, neste ano, a realidade é um pouco diferente em tempos de pandemia. Diante desse cenário, a estimativa é de aumento para o final de 2020, é inegável que o Natal irá movimentar o comércio, pesquisas apontam que as pessoas por estarem cada vez mais em casa pelo isolamento social, resultará em um aumento de compras natalinas, rendendo um bom faturamento para as redes do varejo. O Papai Noel vem chegando para trazer o sentimento de prosperidade e esperança aos comerciantes.

Expectativas 

Para a empresária Gabriella Meyer, o consumidor mudou! “Eu tenho lido muito sobre essa questão do comercio varejo em 2021 e ainda tem um cenário não muito bom, acredita-se em um crescimento bem lento das vendas para 2021, por isso a gente tem se adaptado de algumas formas na Loja Flor de Café, temos tentado entregar os produtos por múltiplos canais, seja por e-commerce, por tele entrega, e retirar na loja, comprar na loja e receber em casa, enfim, como o cliente quiser estaremos disponíveis, chamamos isso de Múltiplos canais, para conseguir se enquadrar nesse novo mercado", ressalta. Ainda, segundo a empresária no início da pandemia ocorreu quedas de 80% nas vendas. "Tivemos que se adaptar correndo. Acreditamos que as coisas vão melhorar, porque no mês de outubro já sentimos o aumento nas lojas. Também percebemos o reflexo de estarmos buscando treinamento da equipe e conhecendo o novo consumidor", pontua. Baseado nisso há expectativa muito boa para o próximo ano. "Acreditamos que a partir da metade do ano que vem, irá começar a normalizar, aos poucos já está, porém esse é um processo meio lento.”

Para Edimara Daronco, o momento é de reflexo. "Nosso setor ficou muito aquecido! As pessoas ficaram em casa, viram o quanto importante é ter um lar acolhedor. A casa virou refúgio e também escritório, academia, sala de aula. Surgiram muitas demandas para os lares, até mesmo espaços de lazer e diversão; ocorrendo o aquecimento do nosso setor". comenta. Segunda Edimara, no início da pandemia começou a faltar alguns materiais em decorrência de São Paulo ser um polo industrial, e estarem com restrições. Atualmente, tem sido quase uma disputa para conseguir comprar os produtos, pois a demanda está muito acelerada; principalmente a indústria de plásticos tubos e conexões. "O setor está vivendo uma crise bem grande há uns dois meses! Estamos tendo dificuldade de manter nossos estoques. Vivemos uma instabilidade. Temos pedidos em indústrias há três meses, que não chegam", fomenta. Para 2021, ela acredita que há uma perspectiva drástica. "Acho que não irá estabilizar tão cedo. Apesar das ações do Governo para colaborar na economia, ainda existe muitos desempregados. A inflação vai disparar mais ainda! Creio que vamos viver momentos mais negros em termos de economia, de finanças e de mercado. Com a chegada da vacina teremos um alento na saúde pública. Vamos "pagar essa conta" por muitos anos ainda, em torno de quatro anos, é que os estudioso e economistas estão colocando e eu concordo. Vai ser um ano muito duro 2021".



--
Emilady Malheiros - MTB/RS 18.215
Jornalista/Analista de Comunicação ACI Cruz Alta
comunicacao@acicruzalta.com.br | (55) 3322 6795

Localização

Av. Gal Câmara, 935 - 2° andar - Galeria Centauro
Centro - CEP 98005-112 - Cruz Alta - RS

Horário de Atendimento

Segunda à Sexta-feira
08h30min às 12h e 13h30min às 18h

© 2020 ACI Cruz Alta Site produzido pela Netface

Ir ao Topo Ir ao Topo